A Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA), desde o início das novas regras de distanciamento social, está propondo alternativas para a capacitação dos servidores públicos do Estado. Pensando nisso, a EGPA trouxe um projeto iniciado no último ano também para o ambiente virtual: a Formação de Professores de Ensino Médio para o Enem (Forpem).

O novo projeto propõe uma mesa de debates realizada virtualmente, com a participação de professores que atuaram como formadores durante as primeiras edições da formação. Com o tema “o ensino das áreas de conhecimentos por meio de ambientes virtuais para aprendizagens: desafios e possibilidades” a primeira está marcada para a próxima segunda-feira (29). A programação será transmitida a partir de 17h, pelo canal do Youtube da Escola de Governança (https://www.youtube.com/channel/UC43pJCpI3Jh6LQEjCIYThlA).

“Além da capacitação, esta também é uma maneira de valorizar o profissional e colaborar com sua motivação no trabalho. Estamos vivendo um momento de reestruturação para todos e a EGPA leva a inovação aos servidores do Pará, com o objetivo de melhorar a entrega do serviço público ao cidadão paraense, isto inclui os professores, que precisam se capacitar para ministrar aulas sobre o Enem”, afirma a diretora geral da Escola de Governança, Evanilza Marinho. 

Participarão do debate o Professor Kleber Leite, Historiador da UFPA; Professor Roberto Araújo, Mestre em Letras da UFPA; Professor Carlos Miranda, Doutor em Educação Matemática pela PUC; Professora Sueanne Freitas, Língua Portuguesa pela UFPA e o professor Alcemir Maia, licenciado em química pelo IFPA. O objetivo é trazer uma variedade de disciplinas para o debate, para atender os professores das diferentes áreas de conhecimento aplicadas no Enem. 

Carlos Miranda, que atua como professor de matemática na rede estadual de ensino, foi um dos professores formadores das duas últimas edições da programação e destaca a importância da formação. “O Forpem nasceu de uma ideia de superar uma fragilidade que ainda existe nos professores: a necessidade de formação para discutir os elementos teóricos e metodológicos do Enem”, disse. 

Além disso, o professor considera o formato deste novo projeto, inserido na formação, relevante no cenário atual. “Há uma mudança metodológica forte e estamos nos adaptando, acredito que este tipo de encaminhamento seja muito positivo para os professores que participarão. O Forpem é um projeto de compartilhamento de experiências e é exatamente o que faremos nesta segunda-feira”, destacou. 

No último ano, mais de 100 professores foram formados pela capacitação, atendendo 21 escolas de ensino médio dos bairros Bengui, Cabanagem, Guamá, Jurunas, Terra Firme, Icuí e Nova União, que integram o programa “Territórios pela Paz” (TerPaz).

Sobre o projeto - A Formação de Professores de Ensino Médio para o Enem (Forpem) é um projeto da EGPA, desenvolvido com os professores das escolas dos bairros atendidos pelo TerPaz e realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), e conta com a colaboração da coordenação do ensino médio, Centro de Formação dos Profissionais da Educação Básica do Estado do Pará (Cefor) e Unidades Seduc nas Escolas (USEs).

Veja Também

ProdepaPRODEPA | DrupalDRUPAL CMS | AAAA APROVADO | Guia interfaceGUIA DE INTERFACE