Quando Iran Almeida iniciou seu trabalho na Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA), em 1999, ela ainda  era um projeto chamado ‘Programa de Desenvolvimento e Valorização do Servidor Público (PDVS)’, desde então, o servidor atua com compromisso com a qualidade no serviço público na EGPA que, nesta quinta-feira (06) celebra 17 anos de história. 

“Me orgulho por fazer parte da EGPA, principalmente por ter ajudado a construi-la desde as suas bases. Quando entrei no PDVS, nós tínhamos o desafio e a responsabilidade de criar em pouco tempo formas eficazes de proporcionar ao servidor do Estado do Pará todas as condições necessárias para o bom desempenho de suas funções, sobretudo, acreditando que essa melhoria só seria possível se cada servidor fosse valorizado em sua individualidade como pessoa”, explicou o servidor, que hoje atua como coordenador do Núcleo de Controle Interno da Escola. 

O trabalho da EGPA de valorizar o servidor público paraense permanece, com a instituição promovendo eventos e programas de estímulos tanto profissionais como pessoais e artísticos. O foco é valorizar o que o servidor produz e proporcionar espaços de confraternização, convivência e reconhecimento profissional.

Ao longo de 17 anos de história a missão da Escola de Governança se expandiu, buscando promover também a qualificação dos servidores públicos do Pará para o aprimoramento da gestão pública. “Hoje olho para trás e posso contemplar o quanto avançamos nessa árdua estrada e é realmente recompensador, principalmente por poder colher os frutos das sementes plantadas com muito trabalho”, destaca Iran Almeida.

ESCOLA ATUA EM VÁRIAS FRENTES 

A EGPA atua em diversas frentes, na qualificação profissional ofertando cursos livres,  cursos in company e EaD (Educação a Distância), além da atuação como instituição de ensino superior.

Em dezembro de 2019, a instituição recebeu o Recadastramento Institucional e a Renovação de Autorização do curso Técnico em Secretariado Escolar Subsequente Presencial e Autorização na modalidade EaD; e Autorização do curso Superior de Tecnologia em Secretariado na modalidade Presencial e EaD, concedidas pelo Conselho Estadual de Educação do Pará, garantindo a continuidade de suas ações. 

Servidora da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa), Rosana Eluan afirma que a “Escola” é fundamental para o crescimento intelectual dos servidores estaduais. “Como Agente de Desenvolvimento e Capacitação (ADC) do meu órgão, sou testemunha disso, pois estou sempre em contato com a EGPA. Temos um papel importante para que esse objetivo seja alcançado, quando nos empenhamos em falar para nosso órgão sobre cursos, palestras e todo conteúdo disponibilizado pela EGPA”. 

Além de atuar como ADC e participar constantemente das capacitações, a servidora Rosana Eluan concluiu uma pós-graduação oferecida pela Escola de Governança. “Eu mesma já participei de muitos cursos e falo para meus colegas da importância dessas atividades oferecidas gratuitamente para nós”, destaca Rosana.  

FOCO EM INOVAÇÃO E QUALIDADE

Diretora geral da Escola de Governança, Evanilza Marinho afirmou que o ano de 2020 é um ano desafiante para a Escola de Governança, que confirma ainda mais o seu compromisso com a inovação para estes anos de gestão. “Estamos em um momento de adaptação na EGPA, adaptando nossos espaços físicos para intensificar a produção em EaD, reestruturando nosso laboratório de informática para as aulas, criando um espaço de coworking para todos os servidores públicos a partir do nosso Laboratório de Inovação, garantindo a compra de equipamentos especializados para este tipo de produção também para que a gente possa chegar a todos os municípios”.

A celebração da “Escola” este ano não é apenas de mais um aniversário, mas a comemoração de muitos avanços realizados com trabalho e dedicação. Este foi o ano em que a EGPA iniciou as atividades do Laboratório de Inovação (LabInov), aumentou a produção de cursos em EaD e, a partir deste segundo semestre, irá reestruturar as demandas de cursos presenciais, reorganizando o desenho institucional e acadêmico dos cursos livres e realizando diversas ações de maneira remota.  

Além disso, a EGPA implementou novas ações como o 1º Prêmio Inova Servidor, oficinas remotas por meio do LabInov e prêmios que serão lançados ainda no segundo semestre deste ano. “Nós trabalhamos para que a EGPA seja uma escola inovadora, com expertise na área de gestão pública e inovação, e que contribua de forma efetiva com a gestão do governo estadual, para que ela seja cada vez mais ágil e melhore significativamente a entrega de resultados para a população paraense”, afirma a diretora geral Evanilza Marinho.

Veja Também

ProdepaPRODEPA | DrupalDRUPAL CMS | AAAA APROVADO | Guia interfaceGUIA DE INTERFACE