Durante o mês de outubro, a Escola de Governança Pública do Pará foi avaliada pelo Conselho Estadual de Educação e, nesta quinta-feira (5), a EGPA esteve na sede do Conselho para receber os documentos referentes ao relatório de avaliação e aprovação para a renovação do reconhecimento institucional da EGPA.

O relatório final é desenvolvido a partir de uma avaliação nas dimensões pedagógicas, infraestrutura, corpo técnico administrativo e planejamentos educacionais. “A preparação para a avaliação foi um momento de muito trabalho, nosso objetivo era atender as exigências que são padrão do conselho para credenciamento de instituições de ensino superior, que é o caso da Escola de Governança”, explicou a diretora geral da EGPA, Evanilza Marinho.

Para a avaliação do conselho, a escola realizou adaptações estruturais na instituição, como a adaptação do laboratório de informática, que agora conta com 25 novos computadores, além das mudanças voltadas para a questão da acessibilidade, como piso tátil em toda a sede e um computador em braile disponível na biblioteca.

Entre os dias 16 e 18 de outubro, a EGPA recebeu a visita da equipe técnica que realizou a avaliação a partir dos critérios estabelecidos para a renovação do reconhecimento institucional. A primeira avaliação institucional da Escola de Governança foi realizada em 2014 e expirou neste ano.

A cerimônia de entrega da documentação foi realizada na sede do Conselho. A servidora Rose Leão, coordenadora do centro de pós-graduação da Escola de Governança, esteve presente para a solenidade. “A conselheira Beatriz Pandovani, que acompanhou todo o processo, elogiou o avanço da EGPA ao nos entregar o documento, todo o conselho sempre foi parceiro da escola e ficou realmente satisfeito com as ações”, disse.

Com a aprovação na avaliação, a EGPA continua autorizada para realizar todas as modalidades de cursos oferecidas pela escola, inclusive a pós-graduação, que ainda este mês finalizará mais uma turma. “Recebemos um resultado muito positivo para que a Escola continue realizando o trabalho, com a garantia de que os alunos receberão uma certificação dentro dos parâmetros legais do Conselho Estadual de Educação”, destacou a diretora geral.

Veja Também

ProdepaPRODEPA | DrupalDRUPAL CMS | AAAA APROVADO | Guia interfaceGUIA DE INTERFACE