Governo inicia curso para servidores sobre direitos da pessoa com deficiência

 A sala de aula e o auditório da Escola de Governança Pública do Pará (EGPA), em Belém, ficaram lotados na manhã desta terça-feira (11) para a cerimônia de lançamento do programa Formativo do Plano Estadual de Ações Integradas à Pessoa com Deficiência – Existir. A ação é uma parceria entre o Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC) e a EGPA.

O evento marcou o início das aulas da turma do primeiro curso do programa, sobre “Políticas Públicas de Inclusão e Direitos da Pessoa com Deficiência”, destinado aos servidores de órgãos que integram o Comitê Gestor do Existir.

Para a professora Liliane Oliveira, 36 anos, o curso é importante para a troca de conhecimento. “A formação continuada é fundamental para qualquer profissional. Um curso como esse vai somar nossos conhecimentos na forma teórica com a nossa contribuição na prática. É muito importante fazer parte desse programa, para que nosso trabalho seja efetuado de forma positiva e atraente”, ressaltou.

Acessibilidade - O Programa Formativo do Plano Existir visa à capacitação dos técnicos e gestores da sociedade para lidar com a inclusão e garantir acessibilidade às pessoas com deficiência. Além deste curso, destinado apenas aos integrantes do Comitê, o Programa Formativo vai oferecer capacitações presenciais e a distância (EAD), em temas como Tecnologia assistiva, Libras e Arte-terapia. Os cursos serão oferecidos, gratuitamente, para servidores públicos e integrantes de Organizações da Sociedade Civil (OSCs) de todo o Estado.

“A Escola de Governança está de portas abertas e também oferece ao programa todas as suas ferramentas acadêmicas hoje disponíveis, como palestras, seminários, educação a distância. Tudo aquilo que pode somar para que possamos atingir nosso objetivo maior na capacitação de todos”, informou o diretor geral da EGPA, Ruy Martini.

A diretora geral do NAC, Daniele Khayat, disse na cerimônia que “o Plano Existir serve de exemplo para que possamos incentivar outros servidores e gestores de organizações sociais a participar do projeto. Queremos colocar a marca do Existir no coração de todos. É importante alcançar as famílias que, no seu dia a dia, passam por tantas dificuldades ou preconceitos. Por isso, precisamos avançar essas barreiras”.

Agenda - Nos dias 09, 10 e 11 de maio será oferecido o Ciclo de Palestras com o tema “A inclusão social e atendimento humanizado da pessoa com deficiência”. Serão três dias de atividades, das 09 às 12 h, também na EGPA, destinadas a servidores públicos estaduais e do município de Belém, funcionários de Recursos Humanos de empresas e lideranças das OSCs.

O objetivo é promover capacitação sobre legislação e atendimento humanizado da pessoa com deficiência, a fim de fortalecer a cultura de inclusão social. As inscrições poderão ser feitas pelo site da EGPA (www.egpa.pa.gov.br).

“Agradeço a todos os nossos parceiros que nos ajudaram a fazer o sonho do Programa Formativo uma realidade. Esse curso é o resultado do nosso trabalho, que começou em julho do ano passado, e em função disso já fazemos esse lançamento com a prática de um curso. Não é simples, mas nós queremos renovar, junto com o governo, para a inclusão dessas pessoas que tanto precisam de oportunidades”, destacou Meivi Piacesi, assessora de Planejamento do NAC e coordenadora do Comitê Gestor do Existir.

Plano Existir - Lançado pelo Governo do Pará em 2012, e atualmente vinculado ao NAC, o Plano Existir assumiu o compromisso de garantir ações a partir dos eixos saúde, educação, acessibilidade e inclusão social, para a promoção dos direitos fundamentais da pessoa com deficiência.

São integrantes do Comitê Gestor do Plano Existir 17 órgãos públicos: Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos (Arcon), Companhia de Habitação do Pará (Cohab), EGPA, Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), Fundação Carlos Gomes, Defensoria Pública, Fundação Cultural do Pará, NAC, Polícia Militar, secretarias de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), de Educação (Seduc), de Esporte e Lazer (Seel), de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e de Saúde Pública (Sespa), e Universidade do Estado do Pará (Uepa).

Agência Pará de Notícias


© Copyright EGPA 2017 | Endereço: EGPA – Av. Nazaré, 871, Bairro Nazaré (entre Trav. Quintino Bocaiuva e Rua Joaquim Nabuco) . Belém – PA.

Desenvolvimento: PRODEPA  Usando CMS livre - Drupal  Sítio Acessível